O mundo cervejeiro pode parecer complicado à primeira vista com seus vários processos, ingredientes e termos utilizados. Mas quem se interessa por saber mais sobre ele precisa entender cada significado. Pensando nisso, fizemos um glossário com os principais termos que você precisa conhecer!

ABV: como explicamos neste texto do blog, ABV significa “Alcohol by Volume” que, em português, é álcool por volume, ou seja, a porcentagem alcoólica da bebida.

ABW: a sigla, no inglês, significa “Alcohol by Weight” e, no Brasil, também pode ser usado como APP (Álcool Por Peso). Neste caso, a medição do teor alcoólico de uma solução por volume de cerveja.

Acabamento: o acabamento da bebida é o sabor predominante da bebida que permanece por mais tempo na boca.

Acre: cervejas muito ácidas e com sabor pouco agradável.

Adjunto: todos os ingredientes adicionais do processo, ou seja, tudo o que não for água, malte e lúpulo.

Aeração: é durante este processo, que acontece antes da fermentação inicial, que é introduzido ar na cerveja não fermentada, oferecendo mais sabor à bebida.

Alta fermentação: é um método de fermentação no qual as células de levedura sobem para a superfície do recipiente.

Atenuação: este termo tem relação com a quantidade de açúcares fermentáveis do mosto que são consumidos pelas leveduras. Por exemplo, uma cerveja atenuada tende a ser mais seca e alcoólica em comparação às outras.

Baixa fermentação: este é o método básico de fermentação e que originam as cervejas Lagers. Diferentemente da alta fermentação, na baixa as células de levedura tendem a afundar.

Barley Wine: são cervejas que têm o aroma frutado, textura do licor e teor alcoólico elevado semelhante ao dos vinhos por passarem por processos de envelhecimento semelhantes ao dessas bebidas.

Bitter: nome dado ao sabor amargo causado pelo lúpulo e também às cervejas inglesas tradicionais que, geralmente, são servidas sob pressão.

Brassagem: é um dos processos de produção da cerveja, responsável pelo aquecimento da água, extração dos açúcares dos grãos e diluição no mosto para, depois, receber o lúpulo.

Brewpub: é um tipo de bar que produz e serve sua própria cerveja.

Carbonatação: é o responsável pelo aspecto efervescente da bebida, que provoca a sensação de textura e aparência espumante. Pode ser forçada (quando o CO2 é adicionado e absorvido pela cerveja) ou natural (quando o açúcar é adicionado no recipiente da cerveja em produção).

Cereais não maltados: grãos que não possuem (ou tem em quantidade mínima) enzimas e amido, o que faz não compensar o processo de maltagem. Eles podem alterar o sabor, a cor e outras características da cerveja. Falamos mais sobre os grãos maltados e não maltados aqui.

Cerveja puro malte: cervejas que usam 100% de malte de cevada como fonte de açúcar fermentável.

Colarinho/Head: termo que nomeia a espuma da cerveja.

Corpo: resultado da sensação de viscosidade e fluidez causado pelo contato da cerveja com as células sensitivas da boca.

Defeituoso: cervejas com aromas ou sabores desconhecidos.

Densa: cervejas de aspecto visual e densidade superior ao da água.

Draft beer/Draught beer/Tap beer: conhecida amplamente como chope (ou chopp), este é um tipo de cerveja armazenada em barris e servida sob pressão, geralmente não pasteurizada (o que faz com que o prazo de validade seja menor).

Drinkability: é o termo que, apesar de ser subjetivo, indica o quanto uma bebida é agradável ao paladar. Cervejas com baixo drinkability saciam ou ficam enjoativas com mais rapidez.

Envelhecimento: processo de guardar a cerveja em uma determinada temperatura para permitir sua maturação.

Ésteres: compostos químicos causados pela reação do processo de fermentação e responsáveis pela variação dos aromas frutados de algumas cervejas.

Fermentação: neste processo de produção da cerveja, a levedura consome os açúcares fermentáveis do mosto e os transforma em álcool etílico e gás carbônico.

Flavour (flavor): conjunto de aromas, sabor e sensações causados pela cerveja.

Hidromel: bebida alcoólica produzida a partir da fermentação de componentes da água e do mel.

IBU (International Bitterness Units): é a escala que mede o amargor presente nas cervejas. Falamos mais sobre essa medida aqui.

Intenso: cervejas que recebem dose extra de sabores frutados em sua composição.

Levedura: são os microorganismos responsáveis pela fermentação da cerveja.

Lúpulo: um dos ingredientes principais da cerveja (junto com o malte e a água). É uma espécie de trepadeira que produz as flores ricas em resina perene, que proporciona amargor e aroma às cervejas.

Malte: outro dos principais ingredientes da cerveja. É um cereal rico em açúcares fermentáveis e produzido a partir da germinação e secagem de diferentes grãos (como cevada e trigo).

Maltose: principal açúcar presente nos grãos germinados.

Maturação: processo que acontece após a fermentação. Nele, a cerveja é conservada a 0ºC para o processo de clarificação e maturação de sabor.

Mosto ou mistura: nome dado à cerveja antes de ser fermentada. Rico em açúcares, é resultado da maceração dos maltes e fervura dos lúpulos. O líquido é filtrado para receber o lúpulo e o fermento e, então, se transforma em álcool e gás carbônico.

Retrogosto: sensação, aromas e sabores que permanecem no ar e no paladar após a ingestão da bebida.

Session: são versões de qualquer estilo de cerveja que mantém suas características, mas apresentam baixo teor alcoólico.

Textura: sensação tátil da cerveja. Pode ser cremosa, aveludada, espumosa etc.

Turbidez: redução da transparência de um líquido. Com esse glossário temos certeza que você conseguirá entender tudo o que precisa para estar em uma roda de conversa de cervejeiros ou até para começar a estudar mais este mundo. Ler todos estes termos te deixou com vontade de tomar uma? Então é só clicar no link! E aproveite também para conhecer nosso Instagram.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest
Share on twitter
Twitter

DESCUBRA O QUE TEM EM NOSSAS TORNEIRAS HOJE

Somos o melhor BrewPub do Brasil, com 36 torneiras de cerveja especial local! Produções exclusivas, desde a cerveja à gastronomia, venha devorar sua cerveja!

Loja 01 | Alameda Muffato | Av. João Paulino Vieira Filho, 190 – Maringá/PR

Loja 02 | Mercadão de Maringá | Av. Prudennte de Morais, 601 – Maringá/PR

FALE CONOSCO

Copyright © Sabores do Malte 2021. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Fabrika