Mitos sobre as cervejas especiais

Não é só nós que estamos dizendo, mas a cerveja especial veio para ficar! Segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), de 2008 a 2018 as cervejarias especiais cresceram de 70 para 900 no Brasil, levando a um faturamento de quase 2,4 bilhões de reais!

Está claro que é cada vez mais comum no Brasil o consumo desse tipo de cerveja – a expectativa é que o valor arrecadado anual cresça em 14% ao ano até 2023 –, mas uma coisa é fato: ainda existem muitas “verdades” por aí que, na verdade, são apenas mitos. Por isso, resolvemos esclarecer alguns deles no post de hoje.

  1. Cerveja especial é forte

Mito! Isso porque existem mais de 150 estilos diferentes hoje em dia e cada um deles apresenta um teor alcoólico e índice de amargor diferente. Então se você prefere as cervejas mais suaves, aposte em uma American Lager como a nossa Cintura Fina.

2. Toda cerveja especial só tem água, malte, lúpulo e levedura

Mito! Há diversas formas de se fazer cerveja, isso quer dizer que, para alcançar todos os tipos existentes pelo mundo, outros sabores são adicionados. Por exemplo, nos Estados Unidos é comum o acréscimo de cereais não maltados, como o milho, enquanto em algumas receitas das escolas belgas foram adicionadas frutas e até condimentos (como é o caso da Witbier, a nossa Señorita).

3. Cerveja artesanal tem mais sabor

Verdade! Porém isso não quer dizer que você vai amar todos os estilos. Isso porque existem várias formas de se preparar uma cerveja especial, além de diferentes quantidades e tipos de ingredientes a se adicionar na receita para as diversas variações que temos hoje da bebida e para atender os mais diversos paladares.

4. Cerveja boa é cerveja fresca, não “estupidamente gelada”

Verdade! A cerveja fresca é aquela que não passa pelo processo de pasteurização (responsável por tirar a evidência de alguns aromas e sabores). Quando tomamos a bebida, nossas papilas gustativas são adormecidas, fazendo com que sintamos ainda menos o gosto da cerveja.

5. Quanto mais escura é a cerveja especial, mais alcoólica ela é

Mito! O que dá a cor à cerveja é o malte durante o processo de malteação. Nele, os cereais são germinados e o procedimento é interrompido no momento ideal por diferentes maneiras de secagem (seja, tosta, torrefação ou defumagem). Já o álcool surge a partir do processo de fermentação produzido pelas leveduras.

Se você conhece algum outro mito sobre as cervejas especiais, mande para a gente no nosso Instagram! E você quer experimentar uma nova receita, entre no nosso Tap List e peça a sua ou garanta já uma das latas de colecionador antes que acabem. 😉

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest
Share on twitter
Twitter

DESCUBRA O QUE TEM EM NOSSAS TORNEIRAS HOJE

Somos o melhor BrewPub do Brasil, com 36 torneiras de cerveja especial local! Produções exclusivas, desde a cerveja à gastronomia, venha devorar sua cerveja!

Loja 01 | Alameda Muffato | Av. João Paulino Vieira Filho, 190 – Maringá/PR

Loja 02 | Mercadão de Maringá | Av. Prudennte de Morais, 601 – Maringá/PR

FALE CONOSCO

Copyright © Sabores do Malte 2021. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Fabrika